Publicado em Cultura, Dicas, Viagem

10 Curiosidades Sobre o Myanmar

10 Curiosidades Sobre o Myanmar

Em minha viagem pelo Myanmar certamente acabei descobrindo muitas surpresas e uma cultura muito diferente. Hoje eu conto 10 curiosidades sobre o país que está sendo desvendado pelo ocidente só nos últimos anos. Tenho certeza, você vai se encantar.

Myanmar Palacio Real
Entrada do Palácio Real em Mandalay – Myanmar

Para vocês terem noção de como é difícil falar desse país, não existe unanimidade nem mesmo no nome. O país mudou de nome algumas vezes e em 2010 se estabeleceu como República da União do Myanmar.

As Nações Unidas (ONU) e a União Europeia (UE), por exemplo, reconhecem a mudança, porém, Reino Unido e EUA, não. Para eles Birmânia (Burma) é o nome do país.

Nem o povo Birmanês/Myanmarense é unânime. Alguns grupos e etnias, que não reconhecem o governo, também não reconhecem a mudança de nome. Para o Brasil, Myanmar mesmo.

Um lugar outrora fechado para o mundo vivendo um regime militar que manteve a população sob rígido domínio e que de certa forma, ainda mantém, já que o país ainda está vivendo uma transição para uma democracia. Por isso, só recentemente abriu as portas para o turismo.

Leia também: Yangon – A Nova Iorque do Myanmar.

Mas, agora que você já sabe coisas bem interessantes sobre o país, vamos “piorar” e contar as 10 curiosidades que vão fazer você se surpreender ainda mais com esse lugar incrível.

1. Religião é Fator Determinante Para a Cidadania

Curiosidades Myanmar Religião
Bíblia Sagrada em inglês ao lado do Livro dos Ensinamentos de Buda (em inglês e birmanês)

Se você pretende viver no país, é bom que seja budista, viu?! Em um país onde por volta de 90% da população é budista imagine como é fazer parte dos 10% que não são. Isso quer dizer que 10% da população divide-se em todas as outras religiões.

Apesar de ter sinagoga, igreja católica e protestante, e do país garantir liberdade religiosa, na prática não é bem assim que funciona. Por exemplo, o islã é extremamente rechaçado no país e se você é muçulmano você é considerado imigrante ilegal.

Alguns myanmarenses me disseram “extraoficialmente” que se você não é budista não pode votar e também não pode prestar concurso público, pois jamais assumirá o cargo.

2. Moto Não é Para Pessoas Egoístas

Quem tem uma moto por lá, dessas tipo scooter, é considerado classe média. O que para mim não fazia o menor sentido, mas ter um carro significa que você está bem no topo da pirâmide social.

Então, o jeito é levar a família toda na moto. Capacete para no máximo um dos passageiros.

Moto pessoas Myanmar
As motos são normalmente compartolhdas por bem mais que uma pessoa

Essa foto para ser honesta é no Camboja, mas a cena se repete no Myanmar e em outros países asiáticos.

Além de ter frequentemente mais de quatro pessoas na moto, existe a possibilidade de você encontrar um cãozinho espremido no meio deles ou em algum suporte improvisado com um lenço. Se couber, sobe sempre mais um!

3. A Semana do Myanmar Tem Oito Dias

No Myanmar a semana tem oito dias. Na verdade não são exatamente oito dias inteiros, porque a quarta-feira é dividida em duas: na parte da manhã e da tarde é um dia e na parte da noite inicia-se outro dia. Os demais dias são iguais.

Para esse povo o número oito é muito importante. São oito animais no Zodíaco, oito pontos cardeias, oito dias da semana, que estão todos associados entre si. Nas pagodas as bases são dispostas a fim de permitir oito direções.

Cada uma contempla um dia da semana com seu respectivo altar e assim as pessoas podem lavar o seu respectivo Buda (uma forma de prestar reverência) correspondente ao dia da semana em que nasceu e ao animal desse dia. Fiz um diagrama para demonstrar a correspondência:

Curiosidades Myanmar Semana
Diagrama do dia da Semana de Nascimento, animal do Zodíaco e Ponto Cardeal

Para os budistas da Escola Teravada o dia da semana é muito importante para uma pessoa. Dependendo do dia em que nascer, será determinado como você vai se chamar e até com quem irá se casar. Mas, hoje em dia isso é menos rigoroso por lá.

Já para fins práticos para nós visitantes, isso não interfere em nada. Oficialmente conta o calendário normal. Mas, para eles cada um dos doze meses têm 28 dias, o ano é 1.377 e começa em abril.

4. Os Homens Usam Saias

Myanmar Curiosidades Homens de saia
No Myanmar os Homens usam uma saia chamada de “Longyi”

Não é saia o nome do que os homens usam no Myanmar, o nome correto é longhi ou longyi, mas não é porque tem outro nome que deixa de ser saia.

As mulheres também usam, a diferença é que os homens usam um longhi mais sóbrio, de cores escuras e com suaves quadriculados, enquanto as mulheres usam de várias cores e estampas.

5. A Nota de Dólar Precisa Estar Impecável

Nunca entendi muito bem a necessidade disso, mas se seu dólar estiver minimanente amassado, sujo ou riscado, é bom manter guardado na carteira.

Os comerciantes locais só aceitam notas que estejam impecáveis e até os ambulantes na rua preferem não vender do que aceitar uma cédula danificada. E, não adianta insistir, se o dólar não estiver novinho em folha, o valor das notas é reduzido a zero.

Myanmar Curiosidades Dollar

Então, se pretende ir as compras no Myanmar e pagar em cash, mantenha seus “dinheiros” intactos ou vai voltar para casa com os bolsos cheios, já que não vai conseguir gastar. Até que não é má ideia, não acha!?

6. Da Árvore Thanaka Vem a Pasta da Beleza

As pinturas que os myanmarenses usam no rosto não são meramente decorativas. Elas estão lá por um motivo muito mais importante.

A pasta resultante da mistura do pó de Thanaka com água tem propriedades benéficas para a pele, além de ser um excelente protetor solar.

myanmar-curiosidades thanaka
A Thanaka é usada por grande parte da população do Myanmar, especialmete mulheres e crianças.

Eu confesso que me rendi à Thanaka e usei a pasta no meu rosto durante algumas horas. O resultado foi uma pele mais fresca, o que foi uma das garantias que me fizeram quando aplicaram no meu rosto.

Pena que não tinha uma mudinha da árvore para levar comigo e assim poder plantar meu próprio “pé de beleza”.

7. O Paraíso das Pedras Preciosas

O Myanmar é detentor de 70% de toda a produção mundial de Jade, chamadas pelos chineses (seu maior importador) de “Pedras do Paraíso”, com uma coloração esverdeada muito bonita. Mas, outras pedras, como a safira e o rubi, são famosas nesse país.

É de lá que vem 90% dos rubis fornecidos para o resto do mundo. A cor mais desejada e que determina o valor final da pedra, é exatamente a cor desses rubis do Myanmar, chamada de “sangue de pombo”.

Perto de Mandalay, segunda maior cidade do Myanmar é possível visitar a “Ruby Land” em Mogok. Lá, além de comprar as pedras você pode aprender mais sobre elas.

8. Não Tem Condicionador e Nem Protetor Solar Para Comprar

Com a consagração absoluta da Thanaka como protetor solar eu até entendo a dificuldade de achar protetor solar para comprar, agora condicionador eu não entendo. Eu não encontrei em lugar nenhum,  nem mesmo nas grandes cidades. Em alguns hotéis locais também, nada.

Ainda bem que o condicionador sempre acaba depois do shampoo, pelo menos no meu caso. Caso contrário, não quero nem imaginar as condições que ficariam minhas madeixas, já que a longa estadia pela Ásia não fez muito bem para elas.

Não sei se é a água ou a diferença de clima, mas meus cabelos ficaram bem ressecados por lá. Imagina sem condicionador?!

Myanmar condicionador

O engraçado é que eu encontrei marcas famosas de shampoo com outros produtos da linha, como creme para pentear (que não uso) e outros tratamentos. Mas, condicionador? Nem pensar.

Eles nem sabiam o que era o tal pós-shampoo. Depois descobri que eu não fui a única a ter esse problema, outras pessoas que viajaram para lá também se depararam com a falta desses produtos.

9. Você Não Pode Andar Sozinho à Noite

Não é por causa de assalto ou esse tipo de coisa. A recomendação estrita do meu guia era de que eu evitasse a qualquer custo andar sozinha à noite pelas ruas de Mandalay, principalmente Yangon.

Ele disse, em tom natural, que era por causa do cães. Meio perdida, perguntei qual era o problema com eles? Foi então que ele disse que os cães por lá costumam atacar pessoas quando estão muito famintos, o que não é raro. Então, se você estiver sozinho será uma presa mais fácil.

Myanmar dog

Confesso que essa declaração me deixou bastante chocada, mas não foi a única vez que ouvi, tanto por lá, quanto em outros países mais pobres do sudeste asiático.

10. O Myanmar Levou um Nobel

Aung San Suu Kyi. Esse o nome da ativista política que recebeu o Nobel da Paz em 1991. Seu nome já era conhecido porque seu pai Aung San é considerado o pai do Myanmar que conhecemos hoje.

Ela venceu as eleições de 1990, mas não pôde assumir o cargo. Um pouco antes da disputa ela foi detida e forçada a permanecer em prisão domiciliar por 15 anos. No final de 2010, por conta de uma forte pressão internacional ela foi finalmente libertada.

Myanmar Curiosidades Nobel

Em 2015 após vencer novas eleições Suu Kyi foi impedida novamente de assumir o cargo. Existe uma lei no Myanmar que determina que os Chefes de Estado não podem ser casados com estrangeiros e seu marido era inglês.

Já em 2016 o Parlamento Nacional elegeu Htin Kyaw para o cargo de Presidente. Ele foi o primeiro não-militar a ocupar a presidência do país desde 1962. Com o objetivo de reparar essa questão com Suu Kyi, no governo de Htin Kyaw foi criado o cargo de Conselheiro de Estado, que agora é ocupado por ela. Esse cargo tem funções similares a de um primeiro-ministro.

Essa mulher impressionante continua inspirando livros, filmes e a todos que conhecem a sua história. Uma mulher assim só poderia vir de um lugar tão surpreendente como o Myanmar.

Achou curioso? Conhece alguma curiosidade sobre o Myanmar que não está aqui? Deixe seu comentário e divida sua experiência sobre esse país singular.

Até o próximo post!

KS.

 

 

 

Autor:

Jornalista curitibana, apaixonada por viagens e outras culturas, compartilhando a própria perspectiva sobre lugares, pessoas e costumes.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.