Anúncios

Koh Samui, Koh Phangan e Koh Tao – O Trio Ilha Maravilha!



Koh Samui, Koh Phangan e Koh Tao – O Trio Ilha Maravilha!

Tailândia é um destino dos sonhos para qualquer mortal que habita outras terras e outros mares. Lugar de incríveis e belíssimas ilhas, o que tem de kilo por lá. Mas, vou focar em três delas, que também são paradisíacas e que me fascinam: Koh Samui, Koh Phangan e Koh Tao – O trio maravilha.

Confesso que pensei até em não publicar esse post hoje, pelos acontecimentos dos últimos dias que causaram alguns estragos e até uma morte em uma das ilhas, assustando turistas que não puderam se deslocar e acabaram ficando presos por lá.

Mas, depois de me certificar de que estava tudo voltando a ser como era antes e que a Pabuk (nome dado à tempestade tropical), já havia se acalmado e os turistas puderam se locomover novamente, resolvi postar. Afinal, essas ilhas vivem do turismo e as famílias de lá não podem parar de trabalhar e precisam continuar a garantir seu sustento.

Quando se fala em Tailândia, imaginamos praias paradisíacas, resorts para todos os lados, badalação. Mas, se você quer mesmo relaxar, há sempre o outro lado da ilha. São alguns lugares mais afastados que podem garantir o refúgio perfeito. Essa é a parte que eu particularmente gosto e o que me leva a este tipo de lugar.

É o que essas três “ilhas irmãs” oferecem para quem as visita. Normalmente quem vai à primeira acaba indo à segunda e então à terceira. Por serem muito próximas geograficamente, facilita muito visitar todas elas.

Por isso as chamo de ilhas irmãs, o que não quer dizer que se pareçam de verdade. Nesse trio maravilha cada irmã tem sua particularidade.

Koh Phangan
Koh Phangan

Koh /Ko em tailandês significa ilha, portanto é comum ouvir essa palavra antes do nome dos lugares se você está em um lugar repleto delas.

Koh Samui

A primeira das ilhas que visitei, é onde fica o aeroporto. Uma gracinha por sinal. Nele você já sente que está na praia. Quando você se afasta do aeroporto já percebe que Samui é uma ilha maior e com cara de cidade grande.

Repleta de mercados noturnos, shoppings centers e restaurantes que lhe conferem esse ar mais urbano.

Lá, por muitas vezes esquecia de que estava em uma ilha. Mas, é só você chegar à praia que essa sensação desaparece quase que instantaneamente.

Do aerporto você vai ao píer e pega um speed boat (barco veloz) para chegar às outras ilhas ou um barco normal que, claro, vai levar um tempo um pouco maior.

Mas, quem está com pressa, não é mesmo?! Aqui o protetor solar é item indispensável. Você pode ir na parte de baixo com ar-condicionado, mas eu recomendo ir no topo, a vista é incrível.

Koh Samui, também conhecida como “pérola do Mar da China” faz parte de um imenso arquipélago, e é uma das seis únicas ilhas povoadas na região que comporta 85 outras ilhas menores.

Fui recebida com um céu azul intenso que no final da tarde se tornou um espetáculo de tons de lilás que foi suficiente para me manter contemplando o céu por muito tempo.

Koh Samui
Cair da noite do hotel em Koh Samui

Quando finalmente fui descansar no meu quarto uma coisa, que apesar de comum na Ásia me chamou a atenção neste resort que me hospedei. Eram todas casas individuais, tipo condomínio fechado.

Isto quer dizer que meu quarto era separado com muro e que desfrutava de uma piscina privada ou de uma banheira de hidromassagem, o que era o meu caso. Além de jardim e uma área externa bem agradável com sofás e até mesa de trabalho.

Koh Tao

Esta é a menor das três ilhas, mas é extremamente movimentada e foi onde tive a oportunidade de conhecer mais pessoas entre todas as ilhas.

Jeito de Praia do Rosa em Santa Catarina, com muitos hippies (que não são bem hippies) e mergulhadores por todo o lado. Aliás, foi lá que tive a minha primeira experiência mergulhando, foi incrível.

A Tailândia, em geral, é um dos destinos mais baratos para a prática do mergulho, além de um dos mais belos, claro. Já ouvi gente falando que Koh Tao é tranquila.

E é mesmo, mas quando fui estava bem cheia e com festas para todo o lado. Para mim. isso não é a imagem de um lugar tranquilo.

Koh Tao
Koh Tao, a ilha de muitas festas badaladas e mergulhadores, com sua dose de sossego

Mas, tudo depende do lado da ilha em que você se encontra.

Fiquei um bom tempo nessa ilha, que foi escolhida a dedo, por ser a mais afastada da muvuca, “teoricamente” mais calma, e longe da Full Moon Party que acontece na próxima ilha que vamos falar.

No entanto, Koh Tao mais parecia um vilarejo com festas esporádicas. Aquele estilo gostoso de beira de praia, mas, com o plus de ter Fire Shows durante as noites e danças típicas da região regadas à famosa “Thai food” a gosto do freguês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Apesar dessa badalação que também existe na ilha, é possível relaxar e posso dizer que encontrei o descanso tão almejado. O lugar é absurdamente mágico. Fiz amigos incríveis que pretendo encontrar novamente.

Qual Escolher?

Apesar de grande como Koh Samui em dimensões geográficas, tem mais cara de ilha, assim como Koh Tao. Aquele ar praiano que vemos no litoral brasileiro é bem presente por aqui também.

Para mim, tranquilidade mesmo eu tive nesta ilha, que muitos consideram uma das mais badaladas. Depende. Tem a época da Full Moon Party, em que a ilha vira uma loucura. Mas, isso também depende de que parte da ilha você escolhe se hospedar.

Eu fui pro norte da ilha e fiquei em um resort. Melhor coisa da vida para quem quer sossego e tranquilidade. Foram lá meus dias de maior inspiração onde pude escrever sobre muita coisa sentada na sacada com vista para o paraíso.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Full Moon Party – Festa da lua cheia

Dentro circuito turístico tradicional da Tailândia. Essas três ilhas bem famosas, são o refúgio de muitas pessoas que resolvem inovar.

Apesar de algumas partes das ilhas não terem nada de sossegado, em Koh Phangan, a fama vem com a Full Moon Party. A famosa festa da Lua Cheia, atrai turistas do mundo inteiro, então você imagina a “muvuca” que a ilha fica nesse período.

Esta não é uma festa anual. Ela acontece exatamente toda lua cheia. A festa de fama mundial, atrai milhares de turistas que cruzam o globo para desfrutar da beleza do lugar, associada as loucuras atípicas por aqui.

Como as que acontecem em raves pelo mundo todo regadas a muita música eletrônica, tinta neon, drogas, álcool, prostituição e no fim de tudo, muito lixo.

Mas, há quem curta e isso não é problema meu. As pessoas que gostam desse tipo de festa dizem que não há melhor.

Ainda assim, a ilha é grande e não é afetada pela festa num todo, então ainda que você esteja por lá na mesma época, pode curtir o recanto de sossego que existe na ilha, com toda a certeza!

E maneiras de se divertir por lá não vão faltar!

Leia também: 5 ERROS COMUNS EM VIAGENS.

Dançarina Tailandesa
Dançarina Thai (à direita…rsrs) me ensinando movimentos de dança tradicional

Então é isso. Para aproveitar o “Trio Maravilha” tem de melhor, é só não esquecer seu protetor solar (e chapéu, e óculos e roupas frescas, mas que protejam). Eu me queimei horrores por uns 45 minutos de descuido no barco e como consequência tive insolação.

Ah! E, não menos importante: repelentes! Você vai se dar conta de que será a melhor coisa que você vai ter na mala quando o assunto é Tailândia!

Até a próxima viagem! 🙏

KS.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: