os Passaportes mais poderosos do mundo

Os Passaportes Mais Poderosos do Mundo

A necessidade de países que exigem visto é levado em conta pelo ranking

Desde de 2006 a Henley & Partners Passport Index elabora um ranking com os passaportes mais poderosos do mundo. Esse índice leva em conta o número de destinos que o detentor desse passaporte pode ingressar sem que antes tenha que requerer um visto.

Para elaborar esse ranking a Henley & Partners se baseia nos dados da Associação Internacional de Transportes Aéreos (AITA) que mantém a maior base de dados de informação de voo do mundo.

Essa lista leva em consideração tanto os países que não exigem visto do viajante quanto dos que exigem somente o Visa On Arrival que é o visto emitido no momento em que o turista chega na imigração.

Nas primeiras posições de 2020 a Ásia domina o pódio com o Japão em primeiríssimo lugar. Com impressionantes 191 países em que não precisa de visto para visitar o país já chegou a ocupar a posição em 2010.

Colada na segunda posição vem Cingapura, um dos Tigres Asiáticos com nada menos que 190 países visa-free. O país caiu uma posição esse ano já que em 2019 ocupou a posição número 1.

E para fechar o pódio temos dois países com 189 destinos que não exigem visto. Um deles é a Coréia do Sul, que ano passado figurava a vice liderança do ranking e o outro a Alemanha que já esteve várias vezes no topo.

Estados Unidos que abriu o ranking em 2006 na primeira posição, agora em 2020 ocupa somente a posição.

Qual a Posição do Brasil no Índice?

O Brasil neste ano de 2020 divide a 19ͣ posição com a nossa vizinha Argentina na lista dos passaportes mais poderosos do mundo. Em toda a América Latina só o Chile obteve melhor desempenho, ocupando a 16ͣ posição no ranking.

passaportes mais poderosos

Sendo assim, o Brasil tem acesso garantido a 170 países, ficando de fora 56 destinos que requerem o visto de cidadãos brasileiros. É valido ressaltar que dentre eles, 12 países requerem o E-Visa, que é o visto obtido eletronicamente.

+Leia também: Países que Precisamos ou Não de Visto.

Passaportes Mais Poderosos do Mundo e a Reciprocidade?

O que os passaportes mais poderosos do mundo tem a ver com a reciprocidade? Tudo. Um Estado Soberano tende a tratar de maneira recíproca outro Estado Soberano.

passaportes poderosos

Isto é, se um país exige visto de outro, este por sua vez, também exigirá visto daquele. Mas, isso inclui muitas variáveis.

Há alguns meses o Brasil passou a não exigir visto de países como os Estados Unidos, Austrália, Japão e Canadá. Todos eles, países que exigem visto dos cidadãos brasileiros.

A questão foi polêmica, mas a alegação por parte do governo brasileiro foi de que a promoção do turismo demandaria essa abertura. Ainda assim, esses países até então não abriram as portas para os viajantes brasileiros sem exigir que apresentem visto.

Mas, a prática da reciprocidade ainda permanece valendo para a grande maioria dos países com os quais o Brasil mantém relações diplomáticas. Vemos isso ser exercido como no caso das brasileiros barrado em outros países em que o Brasil passou a adotar a mesma postura.

Após o atentado terrorista de 11 de Setembro de 2001 os Estados Unidos também mudaram sua política de reciprocidade. A partir do atentado, o país passou a exigir visto de entrada como regra, exluindo os membros da OTAN, ANZUS (países de alianças defensivas) e alguns outros.

Ainda que o Brasil precisa emitir visto para alguns países como os EUA, ele ainda tem um passaporte extremamente forte que permite aos brasileiros circularem por diversos países sem se preocupar com a emissão de vistos dispensiosos e burocráticos.

Que tal essas informações? Gostou? Então está na hora de se preparar para a próxima viagem!

Nos vemos por aí!

Bjokas,

KS.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.